Porteur
José Guilherme Fernandes
Session
2019
Co-porteur(s)
Carlos Alberto Corrêa Dias Junior
Titre
VIA OIAPOQUE: dinâmicas populacionais, antropização e interculturalidade em rotas e trocas entre Brasil e Guiana Francesa
Résumé
Este projeto objetiva compreender os impactos socioambientais e culturais decorrentes da migração entre as cidades de Belém do Pará e Oiapoque (Brasil) e de Caiena e Saint-Georges de l’Oyapock (Guiana Francesa), identificando-se as tensões e as colaborações interculturais decorrentes da antropização. Os conceitos basilares a serem aplicados na análise e interpretação serão migração, antropização, ecologia e interculturalidade. Realizaremos levantamento de dados quantitativos e revisão bibliográfica sobre o tema, e posteriormente visitas aos locais de partida e acolhida dos migrantes e finalmente entrevistas com grupos focais e agentes governamentais. A interpretação do objeto (narrativas, registros epidemiológicos e etnografia) ocorrerá mediante análise de discursos e método comparativo, este de narrativas e experiências de contato entre migrantes e população local. A importância deste estudo é revelar as dinâmicas identitárias e ambientais regionais amazônicas, em espaço pouco investigado (platô guianense), assim como correlacionar dois universos distintos e complementares, a América Latina e a comunidade europeia.
Type
Projet OHMs
OHM(s) concerné(s)
  • Oyapock
Disciplines
Anthropologie, Écologie, Santé publique
Image

Porteur

José Guilherme
Fernandes
Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Pará (1992), mestrado em Letras / Teoria Literária pela Universidade Federal do Pará (1998) e doutorado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (2004). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Pará, atuando na Faculdade de Letras e no Programa de Pós-Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEAA/UFPA), no Campus Universitário da UFPA em Castanhal. É Coordenador do Programa de Pós Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia, em nível de mestrado. Atua nas seguintes áreas: estudos culturais e cultura popular, estudos da oralidade, estudos interculturais, etnotradução, etnossaberes, narratologia e etnografia, povos e comunidades tradicionais e autóctones. Coordena o Projeto Colaboratório de Pesquisas e Ações Interculturais (COPAIN). Coordena o Projeto de Pesquisas Indicadores Antrópicos: fatores socioambientais e patrimoniais na tradução de índices de antropização em povos e comunidades amazônidas (Procad Amazônia 2018/CAPES), em parceria com UFSC e UEA. Em 2010, foi contemplado com o Edital Funarte de Bolsa de Reflexão Crítica em Culturas Populares e Tradicionais. Em 2011 e 2017, foi contemplado pela Premio Proex de Arte e Cultura/UFPA. Em 2014, concluiu estágio pós-doutoral na Universidad Nacional de Tres de Febrero (Untref / Buenos Aires - Argentina). Desde 2018, o COPAIN, sob sua coordenação, integra a Red Educación Superior y Pueblos Indígenas en América Latina, da Universidad Nacional Tres de Febrero, Buenos Aires, Argentina, sendo também Investigador Posdoctoral Visitante do Centro Interdisciplinario de Estudios Avanzados (CIEA), nesta universidade. É sócio colaborador na Associação Brasileira de Antropologia (ABA). É Membro Associado do CIÈRA (Centre Interuniversitaire d'Études et de Recherches Autochtones), Polo Montreal, Canadá.

Participants

José Guilherme
DOS SANTOS FERNANDES
Doutor em Letras (UFPB, 2004); Pós-doutorado em Colaboração Intercultural (UNTREF, Argentina, 2014); Professor e Coordenador do PPG em Estudos Antrópicos na Amazônia (UFPA/Brasil); Investigador Pós-doutoral Visitante no Centro Interdisciplinar de Estudos Avançados (CIEA), da Universidade Nacional de Três de Fevereiro (UNTREF), na Argentina; Colaborador na Associação Brasileira de Antropologia (ABA); Consultor Ad Hoc da CAPES/Brasil; Membro Associado Externo do CIÉRA (Centre Interuniversitaire d’Études et Recherche Autochtones), Polo de Montreal, Canadá.
Euzébio
DEOLIVEIRA
Doutor em Medicina Tropical/Doenças Tropicais (UFPA); Professor Adjunto da Universidade Federal do Pará - Campus Castanhal; Professor no PPG em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEAA/UFPA); Pesquisador do Laboratório de Toxicologia Humana e Ambiental e no Laboratório de Estresse Oxidativo, do Núcleo de Medicina Tropical (UFPA); Pesquisador Colaborador do LabNeC II - Laboratório de Neurociências e Comportamento II (UNIFAP); atuou como Pesquisador/Consultor em Saúde Pública no Instituto Evandro Chagas (Pará- Brasil); Pesquisador na área das Ciências Biológicas e da Saúde - Multidisciplinar: Saúde coletiva, Saúde e Ambiente, Ecologia da Saúde, Educação em Saúde.
Carlos
DIAS JÚNIOR
Doutor em Antropologia, 2018 (UFPA); Professor Adjunto da Universidade Federal do Pará; participante do Grupo de Pesquisa "MERCADOS INTERCULTURAIS: linguagens, práticas e identidades em contextos amazônicos" e “ALERE – História da Alimentação na Alemanha”; professor e pesquisador de língua francesa e culturas francófonas.
Marcos César
DA ROCHA SERUFFO
Doutor em Engenharia Elétrica, com ênfase em Computação Aplicada (PPGEE - UFPA - 2012); Professor Adjunto da Universidade Federal do Pará; Diretor da Faculdade de Engenharia da Computação e Telecomunicações - Instituto de Tecnologia; Vice-Coordenador do Programa de Pós Graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEAA), Professor Colaborador do Programa de Pós Graduação em Ciências da Computação (PPGCC) , Coordenador do Laboratório de Desenvolvimento de Sistemas (LADES) e Laboratório de Pesquisa Operacional (LPO). Desenvolve atividades de pesquisa e extensão através de projetos nacionais e internacionais na área de TV Digital, Experiências Interativas, Interação Humano-Computador, Qualidade de Experiência, Tecnologias Sociais, Suporte a Decisão, Redes de Computadores, Sistemas Multimídia, Sistemas de Informação, e Informática na Educação